GERAL

Covid-19: Prossegue a fiscalização sobre transportes de fretamento em Jaraguá do Sul



A exemplo do que já havia ocorrido na última sexta-feira (17) Prefeitura de Jaraguá do Sul em conjunto com o 14º Batalhão de Polícia Militar realizou na noite de terça-feira (21) mais uma operação de fiscalização sobre os veículos que atuam na atividade de fretamento no Município. Por novo decreto municipal, emitido semana passada está suspenso por 14 dias o transporte coletivo, com o intuito de tentar  baixar a curva de disseminação no novo coronavírus na cidade.

De acordo o diretor de Trânsito e Transportes da Secretaria de Planejamento e Urbanismo, Gildo Martins de Andrade Filho, na noite desta terça-feira foram vistoriadas 18 ônibus e uma van na saída de uma grande indústria têxtil no bairro Barra do Rio Cerro. "Constatamos cinco ônibus com excesso de de passageiros, mais de 50% da lotação, em desacordo com as orientações do último decreto sobre a pandemia, sendo que um deles com 11 pessoas além da lotação permitida".

Andrade acrescentou que  a operação teve como objetivos verificar a situação de regularidade desses veículos e se estavam cumprindo as regras sanitárias de prevenção ao covid-19. As regras estabelecem, entre outros aspectos,  que os veículos devem transitar com 50% de sua capacidade de transporte.

Estas operações caso seja constatado situações como  licenciamento vencido, por exemplo, será aplicada uma autuação por parte da PM e recolhimento do veículo ao pátio.  Já em relação aos dos veículos irregulares com a Prefeitura (autorizações vencidas e sem autorização) serão aplicadas as respectivas notificações (multas). No caso dos veículos com excesso de passageiros é aplicado o Termo de Notificação ao qual cabe recurso. "Se o motorista não conseguir comprovar que não teve culpa neste recurso esta notificação será convertida em multa".

O diretor de Trânsito e Transportes informa que outras operações semelhantes a essa deverão ocorrer ao longo desta semana e nas próximas. Denúncias de irregularidades podem ser feitas ao 190.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM