GERAL

Jararaca albina é capturada em casa de Jaraguá do Sul

Uma cobra jararaca albina adulta com quase 1 metro de comprimento foi caputurada dentro de uma casa no bairro Jaraguá Esquerdo, pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul, no Norte catarinense, na manhã deste sábado (16).

A serpente Bothrops jararaca, que é venenosa, foi encaminhada para a Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama). De acordo com o biólogo Christian Raboch, que trabalha na fundação, a espécie é comum em Santa Catarina, no entanto a coloração é considerada rara.

"Além da raridade de nascer um animal com essa anomalia genética, mais raro ainda é esse animal conseguir sobreviver e se desenvolver. Isso porque a coloração das jararacas ajuda ela a caçar, pois acabam se camuflando com o ambiente. Mas pelo visto essa conseguiu se virar super bem sem essa vantagem", explicou.

Segundo a fundação, o animal estava próximo do portão da residência e as pessoas que passavam nas mediações que acionaram os bombeiros. Não havia ninguém na casa no momento do resgate e ninguém ficou ferido.

Raboch disse que a serpente está sendo monitorada, recebendo cuidados e deverá receber um destino apropriado nos próximos dias.

"Antes vamos entrar em contato com o pessoal do Butantan para ver se eles tem interesse em fazer uma nota científica sobre ela", explicou.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM