SAÚDE

Covid-19: Médico dá dicas para quem vai confraternizar nas festas de fim de ano

Faltam dez dias para o Natal e 16 dias para o fim do ano. Reunir o máximo de pessoas para festejar e confraternizar costumava ser a tradição dessa época.

Porém, em 2020, há uma pandemia a ser considerada e evitar aglomerações pode ser a diferença entre manter a saúde ou ficar doente.
O médico pediatra Rodrigo Ferreira de Souza, membro do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus de Jaraguá do Sul, fala da importância do comprometimento daqueles que se preparam para festas de fim de ano, “para que os votos de saúde – normalmente desejados nessa época - sejam verdadeiramente votos de saúde”.
 
Com base nas orientações do médico e nos protocolos recentes publicados pela Sociedade Brasileira de Infectologia, confira as dicas para confraternizar nas festas de fim de ano com o máximo de segurança possível:
 
-Dê preferência a confraternizar apenas com seu núcleo familiar, como pais e filhos, aqueles que vivem na mesma casa
-Organize a confraternização do núcleo familiar em ambiente ventilado, com janelas abertas. Se houver ambiente externo, melhor
-Se houver pessoas do grupo de risco em sua confraternização, no momento de se alimentar (sem a máscara), mantenha essas pessoas em uma mesa separada
-Evite confraternizações de trabalho, que normalmente reúnem muitas pessoas e acontecem em locais de fácil contaminação
-A Sociedade Brasileira de Infectologia considera distância segura o mínimo de 1,8 metro entre as pessoas, isso se a máscara estiver sendo usada. Então, se sua festa não vai permitir essa distância mínima, repense o ambiente do evento ou o próprio evento
-Se tiver sintomas de covid, mantenha-se isolado, de preferência em um quarto, desde os primeiros dias de sintoma até o décimo dia. Mesmo se esse período coincidir com as festas de fim de ano. Dessa forma, evita-se a transmissão do vírus

SE TIVER SINTOMAS, COMO DOR DE GARGANTA, FEBRE, TOSSE, LIGUE PARA 0800-643-8089. O SERVIÇO PERMANECERÁ ATIVO DE SEGUNDA A SEGUNDA, DAS 7H30 ÀS 18 HORAS, MESMO NO FIM DE ANO.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM